Tempo de leitura:5 minutos

 

AIRBNB DE JOANINHAS – COMO FAZER UM HOTEL PARA ANIMAIS QUE AJUDAM A NATUREZA

Hotel para insetos

Nem só de frutas e flores vivem os insetos, eles precisam de casas e camas. Para sanar os dois primeiros itens é fácil, basta alguns vasos cheios de flores para quem não tem muito espaço ou áreas arborizadas para quem tem a chance de poder cultivar tudo diretamente no solo.

Que tal, então, oferecer um pequeno local para joaninhas, vespas e seus parentes? Oferecer um espaço, como uma área de serviço ou um terraço para alguns insetos? Agora você poderá ter o AIRBNB de joaninhas.

O Airbnb da fauna

Nossas cidades andam tão poluídas e “clean” que nossos insetos não têm espaço, qualquer mínimo furo numa parede lá colocam massa corrida, cada pequeno buraco na madeira do portão lá vai cola.

No site Saberes do Jardim (http://www.saberesdojardim.com/) poderá ver como montar uma Insetolândia. Aliás naveguem bastante pelo site e conheçam muito sobre plantas, jardins e muito mais, vale muito a pena.

 

No link (http://www.saberesdojardim.com/insetolandia/ ) poderá ver o material original, mais fotos e inclusive como anda o atual hotel e seus mais recentes hóspedes (http://www.saberesdojardim.com/os-hospedes-do-hotel-para-insetos/) .

 

Sandro Muniz

Biólogo e futuro locador para Joaninhas

 

Insetolândia

Depois de ver publicações sobre hotéis para insetos fiquei louca de vontade de fazer um e por isso construí a Insetolândia. Eu sei que deve ter quem me ache uma louca por fazer um hotel para insetos, mas o fato é que há muitos insetos benéficos que queremos atrair como joaninhas, besouros, abelhas, entre outros. Alguns polinizam nossas flores, mas outros, além de polinizar, são predadores naturais de pragas como pulgões e cochonilhas.

Para montar a minha mini versão, adaptada para a minha pequena varanda, usei um ninho de passarinho pequeno que comprei na Cobasi. Veio desmontado e montei em casa. Tinham opções já montadas mas eram maiores e não serviam para o meu caso, queria algo bem compacto, mas qualquer caixa de madeira serve.

A minha caixa de madeira improvisada não era fofa a princípio, mas para deixá-la fofa primeiro pintei de roxo cada parte separadamente. Depois montei e mesmo assim ainda dei uns retoques na pintura. Acredito que a pintura precisou ser feita várias vezes porque a tinta não era apropriada para madeira, mas no fim o resultado foi bem satisfatório.

Produção do Hotel de Joaninhas

As partes da caixinha pintadas e secando

Logicamente a pintura é totalmente desnecessária. Eu fiz porque queria que fosse roxa, mas não há necessidade alguma de pintar. Por outro lado mais idéias criativas podem ser usadas para deixar a caixinha mais bonita, vai do gosto e disposição de cada um.

Caixinha vazia para o futuro hotel

 

Depois de fazer a pintura coloquei um daqueles triângulos de quadros para poder pendurar a caixa na parede.

Com a caixinha pronta providenciei os materiais para preenchê-la: bambu, papelão enrolado, canudos de plástico e galhos secos.

Os cômodos do hotel

O mais chato, mas mais importante é o bambu. Eu compro na Cobasi a R$3,40 cada bambu e uso como suporte para as plantas. Para acomodar na caixa é preciso serrar em pedaços do tamanho correto ou cortar com serra elétrica do tipo que corta madeira. O ideal é lixar as pontas para que não fiquem ásperas demais.

Bambus como casas

O papelão eu só sugiro usar se o seu hotel para insetos for ficar em local seco e protegido, que é o ideal, mas caso fique em local que pegue chuva é melhor usar só bambu e canudos de plástico ou galhos mais grossos de madeira furados (com furadeira).

Os canudos de plástico quanto mais grossos melhor, mas no dia que comprei só achei desses e imagino que tem quem caiba neles.

Os galhos secos na verdade são os restos mortais de três ipoméias que floresceram muito na minha varanda e depois, como sempre, secaram. Demorei para tirar a planta morta porque antes precisava colher as sementes, então os galhos estavam bem secos e por isso deu para aproveitar. Se você quiser usar algo parecido e não tiver uma planta seca que seja maleável como a ipoméia pode comprar material para ninhos de passarinho ou usar musgo seco.

Com todos os materiais colocados na Insetolândia (só não consegui ainda fazer uma plaquinha com o nome) a coloquei em um local que pega sol por poucas horas do dia e que fica protegido do vento direto e da chuva.

Meu hotel para insetos, Insetolândia, pronto e esperando os hóspedes

Para fazer um hotel para insetos vários materiais podem ser usados, além dos que usei para montar minha super fofa Insetolândia, como pinhas, galhos secos, canudos de plástico, bambus, galhos com furos, folhas secas, musgo seco, troncos furados com furadeira, etc.

Para a acomodar os materiais pode ser usada uma caixa de madeira qualquer ou podem ser feitos suportes de diversos formatos dependendo da criatividade de cada um. Uma rápida busca no google traz muitas boas ideias.

Depois de construir o meu próprio hotel para insetos posso dizer que adorei o resultado final! Ficou muito fofo e acho que os futuros hóspedes vão gostar. Como já tenho um casal de abelhas verdes e um casal de pequenas vespas que moram nos bambus da minha treliça, espero que mais insetos apareçam para morar aqui.

 

Um hóspede do hotel – vespa

 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS QUENTINHAS

os seus dados não serão transmitidos a terceiros

POSTAGENS RELACIONADAS
Pocket