Conservação da Natureza

O mutum-de-alagoas . Fotos: Parque das Aves

 

“A Biologia da Conservação pode ser brevemente definida como uma Ciência Multidisciplinar desenvolvida para atender à crise pela qual passa a diversidade biológica, e que surgiu como uma resposta ao desavio de se preservar espécies e ecossistemas” (Primack e Rodrigues, 2001; Robinson, 2006; Piratelli e Francisco, 2013).

“Três ações prioritárias precisam ser implementas para que se alcance o objetivo de reverter o atual processo de extinção de espécies e interações, entre elas: (a) documentar as espécies; (b) compreender e, sempre que possível, quantificar os impactos humanos sobre a biodiversidade; e (c) desenvolver protocolos para prevenir a extinção, identificando prioridades e planejando ações (Olson et al., 2002; Primack, 2006). Isso envolve a conexão entre a comunidade científica e os tomadores de decisões, pois só se fazem politicas publicas adequadas a conservação quando se considera o conhecimento integrado das várias vertentes das ciências biológicas e sociais (Ludwig et al., 201).”

 

Sandro Muniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − quatro =