Tempo de leitura:3 minutos

SITUAÇÃO DO LIXO NO BRASIL E CURIOSIDADES SOBRE OS RESÍDUOS SÓLIDOS

 

A quantidade de resíduos sólidos urbanos gerada no país em 2015 totalizou 79,9 milhões de toneladas. Não conseguimos encontrar dados atuais, se algum leitor tiver os dados atualizados favor enviar.

lIXO COLETADO NA PRAIA – FOTO SANDRO MUNIZ

Temos uma produção por cidadão igual ao dos países desenvolvidos mas uma distinção final sem reciclagem igual ao dos países mais pobres do mundo.

Mais de 41% das 78,6 milhões de toneladas de resíduos sólidos gerados no país em 2014 tiveram como destino lixões e aterros controlados. Segundo a Abrelpe, esses locais são inadequados e oferecem riscos ao meio ambiente e à saúde. No ano anterior, o percentual foi 41,7%. A metodologia da pesquisa envolveu 400 municípios, o equivalente a 91,7 milhões de pessoas. Por dia, o brasileiro gera, em média, 1,062 quilo de lixo. (Agência Brasil).

 

O Brasil produz em média 387 quilos de resíduos por habitante por ano, quantidade similar à de países como Croácia (também 387), Hungria (385) e maior que a de nações como México (360), Japão (354) ou Coreia do Sul (358). Mas só destina corretamente pouco mais da metade do que coleta (58%), enquanto esses países trabalham com taxas mínimas de 96%. Em termos de destinação do lixo, o Brasil está mais parecido com a Nigéria (apenas 40% vai para o local adequado). (Jornal Estado de SP).

 

A economia brasileira perde cerca de R$ 120 bilhões por ano em produtos que poderiam ser reciclados, mas são deixados no lixo. “Geramos no país quase 80 milhões de toneladas de rejeitos por ano, e reciclamos apenas 3%”, diz o especialista em economia circular e sustentabilidade e coordenador do grupo de resíduos sólidos da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Paulo Da Pieve. (O Tempo) .

 

O material a seguir for retirado da importante “Revista do Meio Ambiente”:

19 Fatos interessantes sobre o lixo

 

Alguns fatos interessantes e tristes sobre o lixo que você talvez não sabia.

  1. A palavra lixo veio do latim “lix”, que significa “cinza”.
  2. Entre 2003 e 2013, a população brasileira aumentou 9,65%, mas a quantidade de lixo cresceu 21%.
  3. No período entre 2003 e 2012, a quantidade lixo produzido por cada brasileiro em um único dia subiu de 955 gramas para 1,23 quilos.
  4. A região que mais produz lixo é a Nordeste. Enquanto um morador da região sul produz 900 gramas por dia, um da nordeste produz 1,3 quilos.

5.O estado que menos produz lixo é Roraima, na região Norte, com uma média 870 gramas ao dia por morador. O que mais produz é São Paulo, no Sudeste, com cerca de 1,38 quilos.

  1. Com 18 mil toneladas diárias, São Paulo é a capital que produz maior quantidade de lixo. A que produz maior quantidade por habitante é o Rio de Janeiro, com 1,86 quilos por dia.
  2. Como tem pode aquisitivo mais alto do que os brasileiros, os norte-americanos produzem diariamente 2,3 quilos de lixo.
  3. A quantidade de lixo produzida diariamente pelos brasileiros é suficiente para encher 1.160 aviões cargueiros 747.
  4. O equivalente a 168 estádios do Maracanã cheios, essa é a quantidade de lixo descartado inadequadamente – em áreas a céu aberto e lixões sem nenhum preparo para receber dejetos – no Brasil somente no ano de 2012.
  5. Dos 64 milhões de toneladas de lixo produzido pelos brasileiros, 24 milhões foram enviados para locais inadequados.
  6. Mais de 50% das cidades – 54%, para ser exato – depositam seus resíduos em locais considerados inadequados.
  7. A região com a maior destinação inadequada é a Norte, seguida pelo Nordeste e Centro-Oeste. Nos estados da região Norte, apenas 14,8% do lixo tem destinação apropriada.
  8. O Brasil joga todos os anos 26 milhões de toneladas de alimentos no lixo. Isso saciaria a fome de pelo menos 13 milhões de pessoas.
  9. Acredite se quiser, mas apenas 39% da produção agrícola brasileira vai parar no prato da população. O restante se perde no caminho (no transporte, armazenagem, indústria etc).
  10. A quantidade total de lixo reciclável no Brasil é de 45%, mas a de lixo “realmente” reciclado não passa de 3%.
  11. Mais de 80% do lixo eletrônico dos países ricos é enviado para países em desenvolvimento. Detalhe: mais de 70% desse lixo vai parar na China.
  12. Os maiores produtores de lixo do mundo são, pela ordem: Estados Unidos, China, Brasil, Japão e Rússia. Sozinho, os Estados Unidos produzem 226 milhões de toneladas anuais.
  13. O maior exportador mundial de lixo são os Estados Unidos. O lixo produzido pelos norte-americanos é exportador para 152 países.
  14. A China é o maior comprador mundial. Sozinho, o país compra 10 mil toneladas de lixo.

 

Sandro Muniz

 

Fontes:

Revista do Meio Ambiente 

O Tempo

Estado de SP

Agência Brasil 

 

 

POSTAGENS RELACIONADAS
Pocket